logo plagiocefalia
spacer

Tratamento com capacete ortopédico

Se após os 6 meses de idade não foi possível corrigir a deformação craniana através dos métodos anteriormente descritos, a única solução podem ser as bandas ortopédicas cranianas, o capacete ortopédico ou a órtese craniana. Antes dos 12 meses é o período em que são obtidos os melhores resultados com este tipo de capacete corrector. À medida que o bebé cresce, as possibilidades de melhoria diminuem, de modo que, a partir dos 18 meses de idade, o capacete ortopédico perde eficácia. O custo deste tratamento oscila entre 1.000 e 4000 euros, conforme o fabricante do capacete ortopédico.

A Infocefalia não recomenda o tratamento com capacete ortopédico, banda craniana ou órtese craniana excepto em casos muito extremos. Se o seu bebé não foi diagnosticado pelo seu pediatra como tal, provavelmente não necessita de capacete ortopédico. Isto não significa que o seu caso seja insignificante, mas que, provavelmente, exercícios e uma almofada mimos bastarão para que melhore antes dos 2 anos de idade. Em qualquer caso, se tem dúvidas, deverá contactar sempre um especialista no problema. Na Infocefalia podemos orientá-lo para que encontre um na sua zona.

Se o seu filho sofrer de Craniosinostose (soldadura precoce das suturas cranianas), a solução é a cirurgia. Normalmente, basta abrir as suturas cranianas, mas se, para além disso, sofrer de uma deformação craniana, é necessário cortar partes de osso craniano e recolocá-las para dar ao crânio a forma mais correcta. Depois da cirurgia, costuma ser colocado o capacete ortopédico para assegurar que o crânio não deforma.


capacete ortopédico,banda ortopédica